Embora seja difícil chegar a uma definição única sobre um zumbi, há semelhanças suficientes entre as mitologias para formar uma descrição bastante simples. A primeira coisa é que os zumbis, não pensam. Se eles são consumidos pela raiva, uma doença da mente controlados ou magia, um zumbi não pode pensar por conta própria. Isto é o que os torna tão assustador não há raciocínio, não há cura para a infecção, eles não se cansam, e eles não param, não importa o que esteja na frente.

Alguns escritores tentaram mudar as coisas através da criação de zumbis inteligentes, e pra mim isso não é mais um zumbi, já que pode pensa. Simplesmente agora você tem um louco, ou uma pessoa estranha, um mortos-vivos e não um zumbi. Em segundo lugar, o instinto real de um zumbi é se alimentar de carne viva. Neste ponto, temos que separar o zumbi haitiano, já que estes são, essencialmente, pessoas cujas mentes estão sendo controlados por uma pessoa viva. O Zumbi que aterroriza é aquele que quer apenas matar e se alimentar.