A história do lobisomem tem raízes em muitas culturas diferentes, uma em particular refere-se a uma tribo nativa americana que pode ter sido a primeira a receber o dom do lobisomem. Nesta lenda, há um espírito-deus chamado Wisakachek, um meta morfo que vivia na floresta, um homem cujo a física era a parecida mais do que um lobo. Um dia Wisakachek estava vagando na floresta, sob a forma de um homem, quando viu dois irmãos da tribo que tinham acabado de pegar um veado. Wisakachek caminhou até os meninos e apresentou-se como um andarilho perdido e com fome, um dos meninos ofereceram um pouco da carne de veado que eles tinham acabado de capturar. Cerca de uma semana depois, Wisakachek apareceu na mesma parte da floresta e viu os mesmos meninos caçando. E um dos garotos falou que desde a ultima vez que eles tinha sem encontrado, não conseguiram pegar qualquer coisa e estavam com muita fome. Wisakachek, lembrando da ultima vez que haviam se encontrado, disse que não tinha carne para oferecê, mas ele podia compartilhar com eles o seu poder de mudar para a forma de um lobo, para que eles pudessem pegar um cervo mais facilmente. No começo, não acreditaram nele, mas quando Wisakachek se transformaou em um lobo e voltou, eles concordaram. A única condição que Wisakachek deu era que eles não poderiam usar esse poder apenas para caçar. Meses se passaram e os meninos usaram o poder para pegar veado suficiente para toda a aldeia. Mas um dia, um dos meninos brigou com outro da aldeia e se transformou em um lobo e matou o menino. Por isso temendo esse poder, foram expulsos da tribo e forçados a viver na floresta. Com isso Wisakachek lançou um novo feitiço sobre o menino que causou a briga de modo que a partir desse dia em diante, ele não seria mais capaz de mudar de forma à vontade, e que de dia iriam assumir uma forma humana e de noite ele iria se transformar em um lobo sem consciência. O Menino que não fez nada de errado, foi autorizado a manter a sua capacidade de mudança de forma e sabendo que o seu amigo seria incapaz de controlar a si mesmo em sua forma de lobo, ele o deixou sozinho no deserto. Assim o garoto solitário e amaldiçoado ficou conhecido como o Pai dos Lobisomens.