Jesús Franco fez a sua aprendizagem em cinema como ajudante de realização de consagrados realizadores como Juan Antonio Bardem, Luis García Berlanga e Orson Welles na sua passagem por Espanha.
Depois partiu para o exterior, onde dirigiu atores consagrados como Christopher Lee, Klaus Kinski, Jack Palance, Howard Vernon, George Sanders ou Rosalba Neri, em filmes rodados por toda a Europa. Ao longo de mais de quarenta anos, dirigiu cerca de duzentos filmes em praticamente todos os gêneros, tornando-se um dos cineastas mais prolíficos, originais e iconoclastas da série B. Também filmou pornô, e afirmou: “O pornô também é cinema”. Morreu aos 82 anos em função de complicações cardíacas.